QUANDO ALINHAR E BALANCEAR? 


Cada conjunto: pneu e roda foi projetado para responder de uma maneira ao torque nele implicado e, para que essa resposta seja sempre eficiente, a geometria desse conjunto não pode mudar. Isso significa que a suspensão não pode empenar, ou tracionar, se não o carro poderá desalinhar, e que os pneus não podem rodar gastos, para evitar desbalanceamento.

Mas e aí? Quando o carro está desalinhado? Ou desbalanceado?

Primeiro de tudo, quando o mecânico da oficina indicar balanceamento ealinhamento, certifique-se de que o seu carro realmente precisa dos dois serviços, porque balanceamento é uma coisa e alinhamento outra.

Seu carro está desalinhado quando um ou mais parâmetros da suspensão como cambagem, convergência ou cáster estão diferentes dos projetados.

cambagem_convergencia_alinhamento_veiculo

Alguns sinais de desalinhamento são: carro não trafega em linha reta, direção puxa para algum lado e volante torto.

Ah, um parêntese aqui: muitas vezes quando o carro volta da oficina, após algum reparo na direção ou suspensão, com o volante torto para algum lado, não significa que ele está desalinhado, mas que na hora da montagem o volante foi colocado com folga ou com as rodas já viradas.

O alinhamento da suspensão garante a segurança e estabilidade do veículo, então fique esperto se você notou alguns dos sintomas acima no seu carrinho!

E o balanceamento?

Se o automóvel trepida, a carroceria vibra ou o volante oscila, ele pode estar desbalanceado.

Quando uma roda está desbalanceada significa que ela realiza movimentos de translação e rotação em torno de eixos diferentes do que os programados porque a distribuição de massa do conjunto roda e pneu está desequilibrada.

Traduzindo: sabe aquela bicicleta velha? Então, suspende ela e dá um tapa na roda, fazendo rodar. Você vai ver que o movimento e a velocidade de rotação não são constantes e que ela irá ora tombar para um lado, ora para outro, porque o lado menos gasto do pneu possui mais borracha, fazendo com que esse movimento fique aleatório.

balanceamento

Se a roda da bicicleta estiver empenada, ela também realizará movimentos em torno de eixos diferentes do que os programados.

As mesmas situações que acontecem com a bicicleta acontecem com o carro, e para o perfeito funcionamento as rodas devem ser balanceadas.

O balanceamento é feito da seguinte maneira: o conjunto é retirado do carro e mapeado, no lugar determinado da roda alguns chumbinhos são colados (ou encaixados se as rodas forem de ferro) para compensar a parte gasta dos pneus.

Quer evitar problemas com alinhamento e balanceamento? Não existe outra dieta: fique fora dos buracos e faça as revisões periódicas do seu carro!

Alinhamento e balanceamento devem ser feitos a cada 5.000KM!!!